DISTRIBUIÇÃO DE CIRCUITOS PARA REDE DE TENSÃO BIFASICA

A distribuição de circuitos elétricos com a rede bifásica, é fornecida pela concessionaria de energia elétrica com duas fases e um neutro que pode ser 110-127 Volts Fase e Neutro ou 220 Volts Fase e Fase. Para potencias instaladas entre 12 KW a 25 KW. Atualmente o mais utilizado em instalações residências.

QUADRO BIFASICO

FIGURA 1

Na figura 1 o tipo de barramento é conhecido por espinha de peixe, que é dotado de um único barramento de cobre interligando na saída do disjuntor geral e distribuindo para os disjuntores individuais interligados no barramento único, conforme o desenho.

QDF BI COM PENTE

                                                                                                                                                      FIGURA 2

Na figura 2 temos outro tipo de distribuição monofásica, conhecido por barramento tipo pente, esse barramento de cobre com cobertura de material isolante e pronto para ser usado nos disjuntores tipo DIN.

Para os dois tipos de padrões são necessárias à utilização dos condutores Neutros e Terra para todos os circuitos até o seu ponto de atendimento. O compartilhamento do condutor Neutro poderá interferir e acarretar aquecimento no circuito e provocar o desligamento de outros circuitos dependendo da carga instalada.

Para o inicio do projeto é necessário ter em mãos a demanda da carga que ira ser instalada na edificação.  Números de circuitos, capacidade do disjuntor geral, dos disjuntores de uso específicos (TUE), de uso gerais (TUG) e disjuntores dos circuitos de iluminação. Com a soma total da corrente instalada escolhera o barramento e os disjuntores ideal para o quadro.

Aguarde em breve o diagrama do quadro trifásico.

Equipe: REDES ELÉTRICASsite-logo

30 comments

  1. Luiz Ivan

    eu coloquei 4 disjuntores e um dr no quadro de distribuição um de 20A dois de 15A e um de 16A como faço para saber a quantidade de amperagem do disjuntor do quadro de medição

    • Redes Elétricas
      Author

      Olá Luiz Ivan! Para toda instalação elétrica, disjuntores e condutores você deve ter os dados de potencias que serão instaladas na edificação. Para qualquer instalação, é necessário fazer os cálculos de demanda da edificação que são considerados a tensão (Volts), todos os pontos de Iluminação, tomada de uso gerais (TUG) e tomada de uso específicos (TUE), a partir dos quantitativos é que teremos a demanda da edificação. Para isso devera usar as tabelas de cálculos que poderão te ajudar. Sugiro que peça a um Profissional Eletricista local que auxilie nesses cálculos, ou envie para nós todas essas informações para que possamos ajuda-lo.
      Equipe: REDES ELÉTRICAS

    • Redes Elétricas
      Author

      Olá Luis! porque não… como segue!
      Na figura 2 temos outro tipo de distribuição monofásica, conhecido por barramento tipo pente, esse barramento de cobre com cobertura de material isolante e pronto para ser usado nos disjuntores tipo DIN.(existe tipo espinha de peixe e tipo pente. se ficou alguma duvida, escreva.
      Equipe:REDES ELÉTRICAS

      • Luis Claudio

        Olá!
        Obrigado pelo esclarecimento;
        Por favor mais uma dúvida; se puder esclarecer …
        1. Situação Atual
        - Sistema Monofásico (F+F+N+P) cujo QDC de meu imóvel está montado via barramento tipo espinha de peixe + alavanca (como chave geral) + disjuntores padrão NEMA para a distribuição interna.
        2. Objetivo
        Substituir a chave geral por disjuntor ou DR, como chave geral interna + disjuntores padrão DIN + barramento tipo pente.
        3. A(s) Dúvida(s)
        Qual o tipo de barramento pente utilizar … monofásico ou bifásico ?; tipo / marca de disjuntor / DR recomendado ?
        Muito Obrigado
        Luis

        • Redes Elétricas
          Author

          Olá Luis Claudio!
          1- sua rede é 220 bifásica + neutro, dependendo do número de circuitos da edificação talvez não seja conveniente proteger todos os circuitos com o dispositivo Dr.
          2- você era que decidir entre os dispositivos de proteção que melhor atenda as suas instalações.
          Interruptor Dr = Serve para desarmar em caso de corrente de fuga não oferece proteção contra sobrecarga e curto circuito

          Disjuntor Dr = Indicado para casos que existe limitação de espaço ele protege contra sobrecarga, curto circuito e fuga de corrente ( Choque elétrico) .

          Módulo Dr = É um dispositivo destinado a ser associado a um disjuntor termomagnético, adicionando a este a proteção diferencial residual, ou seja, esta associação permite a atuação do disjuntor quando ocorrer uma sobrecarga, curto circuito ou corrente de fuga à terra. É recomendado para instalações onde a corrente de curto circuito for elevada.
          3- Barramento tipo pente será bifásico a corrente dependera da sua potencia instalada, existe de 40, 63 e 80 Amperes.

          Informações uteis antes de adquirir e instalar o Dr.

          - IDn maior que 30mA – Proteção somente da instalação elétrica (contra incêndios e outros possíveis danos causados por correntes de fuga à terra)

          - IDn igual ou menor que 30mA – Proteção de vida e da instalação elétrica (mais apropriado para instalações elétricas domésticas e similares) ( Em correntes menores que 30mA o sistema Dr desarma sem que você tenha uma sensação maior do choque e não fique grudado, então fique bem atento na hora de comprar seu DR ou procure um técnico especializado, não adianta nada você colocar um DR maior que 30mA porque você vai tomar o choque e ele só vai desativar quando atingir a a amperagem de desarme do dispositivo e você vai tomar um choque mais forte, correndo riscos, isso falando para uso residencial… para proteger instalações de incêndio e outras problemas podemos usar um Dr com maior capacidade de desarme.)

          É importante considerar as orientações da norma de instalações elétricas em baixa tensão – NBR5410/2004 – bem como outras normas e regulamentos exigidos no país para a proteção elétrica contra correntes de fuga.
          A corrente nominal do Dispositivo DR (In = 25A, 40A, 63A, 80 A, 100 A e 125 A) deve sempre ser IGUAL ou ainda MAIOR que a corrente nominal do dispositivo de proteção de sobre correntes (disjuntor ou fusível) imediatamente a montante dele (antes do Dispositivo DR). Isso é importante para que o Dispositivo DR seja protegido contra curtos-circuitos, visto que o Dispositivo DR não faz a proteção contra sobre correntes de qualquer tipo.

          Equipe: REDES ELÉTRICAS

  2. Aldemar Milani Filho

    duvida, tenho uma instalação residencial para fazer pois o pedreiro embutiu somente um conduite para distribuição de rede eletrica como fazer

    • Redes Elétricas
      Author

      olá Aldemar, difícil dar uma resposta devido a falta de outras informações como:
      Área da edificação;
      Quantidades de pontos a ser instalados;
      Tensão da edificação;
      Quantidades de equipamentos e suas potencias.
      Se possível envie para que possamos auxilia-lo.
      Equipe: REDES ELÉTRICAS

  3. olá estou em duvida em como fase na seguinte situação
    estou fazendo uma casa mais estou com um problema que é
    preciso fazer o levantamento de cabos para compra na casa do cliente mais nao sei fazer esse levamento como posso fazer esse calculo?

    • Redes Elétricas
      Author

      Olá Caio! bem… se você esta executando serviços de eletricidade sem o conhecimento já vou adiantando! é muito perigoso.
      você esta dizendo que não sabe fazer os cálculos! acredito que neste caso você deva procurar um Profissional Eletricista para auxilia-lo.
      Não corra o risco de se queimar com o Cliente.
      Equipe: REDES ELÉTRICAS

  4. ANTONIO CARLOS

    JA FIZ TODO O LEVANTAMENTO DOS MEUS ELETROS DOMESTICO PARÁ ACHAR MEU DISJUNTOR GERAL TENHO QUE INCLUIR TAMBEM MEUS TREIS AR CONDICIONADOS ESPERO RESPOSTA

    • Redes Elétricas
      Author

      Olá Antônio Carlos! O ideal é fazer esse levantamento e posterior calculo de demanda da potencia instalada e será necessário incluir todos os equipamentos inclusive os condicionadores de ar. Para isso teremos que saber a tensão do local 127/220 volts se é monofásico ou bifásico mais neutro. Envie todos os dados para nós que auxiliaremos nos cálculos.
      Equipe: REDES ELÉTRICAS

  5. Fernando - Jundiaí SP

    Boa tarde!

    Primeiramente quero agradecer todo o conteúdo publicado. Com certeza ajuda muito as pessoas que não estão em condições de contratar um bom profissional..
    Bem, minha dúvida é o seguinte: Moro em Jundiaí, e aqui o padrão é 220V monofásico.
    Desejo saber que bitola e disjuntor usar entre a caixa do relógio de medição até o quadro de distribuição (aprox. 20 metros).
    Como eu disse, aqui é TUDO 220V (não tenho absolutamente nada em 127V) e tenho os seguintes equipamentos:
    * 02 chuveiros de 7500 W cada, que as vezes preciso usar os 2 simultaneamente na posição mais quente;
    * 04 aquecedores de torneira 5.500 W;
    * 01 geladeira Frost que consome 59 kwh/mês;
    * 01 Máquina de lavar roupas;
    * 03 TV´s LCD 40 polegadas;
    * 30 lâmpadas de 23 W cada uma;
    * Pretendo instalar futuramente 03 Ar Condicionado Split 11.000 BTU cada.

    Hoje está usando fio de 06 MM e disjuntor de 40 na caixa do relógio, e quando ligam os 02 chuveiros, logo desarma este disjuntor geral…
    Que disjuntor eu deveria colocar na saída do relógio, e qual a bitola correta nestes moldes para que fique uma instalação segura entre a caixa de medição até lá dentro de casa, onde tenho o quadro de distribuição??

    Muito obrigado dese já!

    • Redes Elétricas
      Author

      Olá Fernando, como você não citou o tipo da edificação se é comercial ou residencial estamos enviando o calculo de demanda para residência.
      A soma total das potencias é 45500 Watts, a demanda estimada é de 26057 Watts. Para essa potencia total incluindo os condicionadores de ar previsto o disjuntor é de 125 A, do quadro padrão até o quadro interno o condutor devera ser de 25mm² para até 22 metros, 35mm² para até 31 metros e de 50mm² para até 40 metros.
      O correto é construir um quadro de distribuição interna onde terá os seguintes disjuntores;
      1 disjuntor geral
      9 disjuntores para cada circuito de uso especifico (TUE) sendo 2 chuveiro, 4 aquecedor e 3 ar condicionado.
      5 para circuitos de tomadas de uso gerais (TUG) e iluminação.

      Equipe: REDES ELÉTRICAS

  6. João

    Boa noite. Um esclarecimento por favor. No meu prédio chegam duas fases que estão atualmente ligadas a dois disjuntores de 25A. Dois fios sobem para o apartamento, cada um ligado a um disjuntor geral e depois é feita a distribuição para os demais circuitos. O eletricista que contratei disse que para rebalancear os circuitos e atender a demanda dos meus aparelhos precisará trocar os dois disjuntores da entrada do prédio por um único disjuntor bipolar de 50A. Qual o efeito prático ou a vantagem disso? A entrada da caixa de distribuição do apartamento passará a receber um único condutor em vez de dois? Pode ser preciso trocar o(s) condutor(es) para aumentar a bitola?

    Obrigado e parabéns pelo conteúdo. O mais sério que encontrei na internet.

    • Redes Elétricas
      Author

      Ola João! Isso quer dizer que a tensão da edificação é bifásica 220 Volts. Esses dois disjuntores de 25 Amperes são a proteção geral do circuito de entrada.
      Desconhecendo a necessidade da alteração da proteção sugerida pelo Eletricista, acredito que esta havendo o desarme do disjuntor nas horas em que se liga algum equipamento de potencia alta, ex. chuveiro fornos e outros que ultrapasse uma corrente superior a 25 Amperes ou 5500 Watts. Se o profissional Eletricista chegou a conclusão que é necessária à ampliação e substituir o disjuntor por um de capacidade de ruptura maior, neste caso será necessário substituir os condutores também caso os existentes forem inferior a 10mm². Quanto ao balanceamento dos circuitos internos esse é necessário para não sobrecarregar uma única fase da rede elétrica. O disjuntor bipolar quer dizer duplo a sua interrupção ocorre simultaneamente nas duas fases.
      Equipe: REDES ELÉTRICAS

  7. Fabio Daniel

    Boa Tarde! Parabéns pelo ótimo conteúdo do site e das respostas aqui publicadas!
    Estou reformando minha casa e refazendo toda a parte elétrica que era monofásica 110v. Estou passando tudo para Bifásica 220v. Vou ter instalado na cozinha toneira elétrica 5400w, Geladeira duplex, Forno elétrico, microondas. Área de serviço secadora e lava-roupas 10kg. Chuveiro 7500w, 1 split 9000 btus no quarto e um 11000btus na sala.
    Qual bitola de fio usar e quantos disjuntores TUE. E qual bitola e quantos disjuntores TUG.
    Qual bitola dos fios para split e chuveiro.
    Qual bitola do fio do medidor até o quadro interno (15metros)?

    Desde já agradeço!

    Fabio

    • Redes Elétricas
      Author

      Olá Fabio! A demanda para essas informações que você envio para nós é aproximadamente 12,63 kW a corrente é 58 Amperes o condutor ideal é de 16mm² e os condutores para os circuitos individuais são;
      Chuveiro 6mm²
      Torneira 4mm²
      Forno 2,5mm²
      Micro O. 2,5mm²
      Secadora 2,5mm²
      Ar cond. 9000 BTU 2,5mm2
      Ar cond. 11000 BTU 2,5mm²

      Para um calculo mais exato precisamos saber as quantidades de tomadas TUG e iluminação. Envie contendo tensão e potencia de cada unidade.
      Equipe: REDES ELÉTRICAS

  8. Denis

    Na fig. 2 temos duas fases saindo do disjuntor geral e entrando no primeiro disjuntor bipolar, depois é feito um barramento entre todos os demais disjuntores, minha pergunta é: Qual a tensão em cada pino desce barramento 127v ou 220v? Se esse barramento esta em curto com as duas fases, todos os disjuntores estão alimentados com 220v, ou apenas os 2 primeiros bipolares recebem 220v e os mono recebem 127v?

    • Redes Elétricas
      Author

      Olá Denis! O barramento em questão deve ser o tipo pente bipolar. Se a tensão do local é 220 Volts. A tensão 220 por fase chega no disjuntor geral saindo alimenta o barramento tipo pente e este alimenta os circuitos secundários na tensão de distribuição sendo uma fase para 127 Volts e duas fases para 220 Volts.
      Equipe: REDES ELÉTRICAS

  9. Adilson Basilio dos Santos

    Boa tarde, estou fazendo um sobrado, mas nomomento só estou contruindo a parte de baixo, serão 3 cômodos ( 1 quarto, 1 cozinha e 1 banheiro), estou com dúvida em como término as fiações dos circuitos……no caso de casa térrea sempre coloca-se isolantes para prender as redes e nesse caso do sobrado ? Onde a rede é embutida, como finalizo as redes do circuito ?

    Grato!

  10. Juliandro José Noronha

    Boa noite, estou instalando a rede elétrica na minha casa. Na minha cidade a distribuidora fornece fase 127v e neutro, quero instalar 220v.

    Minha dúvida, na minha casa é bifásico, devo colocar disjuntores duplos pois se instalar disjuntor simples o sistema não irá desarmar por completo?

    • Redes Elétricas
      Author

      Olá Juliandro! A tensão fornecida pela concessionaria local é 127 / 220 Volts correto? Sendo assim o dispositivo de proteção (disjuntor) que será instalado no quadro padrão será bipolar, em quaisquer evento de sobre carga ou curto circuito o desarme será total. Internamente na edificação será instalado o quadro de distribuição interna com seus circuitos individuais para tomadas de uso gerais (TUGs) tomadas de uso especifico (TUEs) e iluminação. Com essa distribuição os circuitos estarão protegidos individualmente.
      Equipe: REDES ELÉTRICAS

  11. Jhonny

    Boa noite! O meu disjuntor geral estava com problema e decide trocá-lo (Tenho uma noção de elétrica, mas em Extra-baixa tensão, já que sou Técnico em automação e só mexo na faixa de 24VCC). A questão é que, aqui na minha residência é 127/220V – Dois fases e um neutro, na hora de efetuar a troca, a minha rede não funciona sem o Neutro ligado na saída do disjuntor. Não entendi muito bem o porquê dessa situação. Tem como me dar uma ajuda? E parabéns pelo ótimo conteúdo!

    • Redes Elétricas
      Author

      Olá Jhonny!
      O condutor neutro não deve passar por dispositivo de proteção. A substituição devera ser da seguinte maneira, os dois condutores da fase são ligados na parte superior do disjuntor e os condutores de saída na parte inferior do disjuntor e o neutro deveram estar ligados em um barramento de distribuição do quadro e derivando para os circuitos independentes. Existem alguns exemplos no site (www.redeseletricas.com.br) se continuar com duvidas é só perguntar.
      Equipe: REDES ELÉTRICAS

  12. André Cruz

    Boa tarde!!! Estou com uma duvida sobre o aterramento, moro na grande São Paulo, aqui o neutro do relógio de medição é aterrado.
    Gostaria de saber se posso utilizar o mesmo aterramento do padrão, pois o medidor fica próximo da residencia.Ou tenho que colocar outra barra de aterramento para o QDC, e esta barra tenho que conectar junto do aterramento do padrão???

    • Redes Elétricas
      Author

      Olá André Cruz!
      Parabéns pela preocupação muitos não se interessam em saber sobre isso. Para sua segurança e dos seus, o ideal é fazer um aterramento e interligar no existente do quadro padrão. Preferencialmente utilizar hastes especifica e cravar no solo em forma triangular ou linear dependendo do espaço existente na área externa da edificação.
      Equipe: REDES ELÉTRICAS

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>